12/12/2019 às 14h32min - Atualizada em 13/12/2019 às 14h00min

Varizes internas: afinal isso existe ou não existe?

O sistema das veias das pernas do ser humano se divide nos grupos superficial, profundo e comunicante. O superficial localiza-se logo abaixo da pele, o profundo, em meio a musculatura da perna e o comunicante, como o próprio nome diz, comunica os dois sistemas.

DINO
http://www.spacovascular.com.br
Varizes inflamadas ou inflamação venosa

Varizes internas é um termo frequentemente usado pela população em geral, mas não tem significado do ponto de vista médico.

O sistema das veias das pernas do ser humano se divide nos grupos superficial, profundo e comunicante. O superficial localiza-se logo abaixo da pele, o profundo, em meio a musculatura da perna e o comunicante, como o próprio nome diz, comunica os dois sistemas. Todos com a função de levar o sangue das pernas ao coração.

As varizes são veias dilatadas e tortuosas que surgem no sistema superficial, ou seja, logo abaixo da pele.
Como explica Dr. Celso Bregalda Neves, secretário-geral da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular: "Varizes são veias que nós vemos". Logo, quando olhamos para nossos membros inferiores e percebemos que as veias estão dilatadas e tortuosas fazendo saliência, estas são varizes.


Existem muitos incômodos das pernas que sugerem varizes, mas ao examinar não se vê varizes. Estes incômodos estão relacionados no mais das vezes a problemas ortopédicos - joelho, coluna, pés planos (pés chatos).

Assim sendo, sempre que houver sintomas como sensação de peso e cansaço nas pernas e dor, principalmente ao final do dia, é muito possível serem os sintomas ligados às varizes. Às vezes elas não são salientes na pele, mas o exame chamado ecodoppler venoso pode identificar a perda da função das veias mesmo antes das varizes fazerem saliência na pele.
Quando as varizes são identificadas devem ser tratadas. Uma vez identificada a perda da função das veias pelo ecodoppler e houver queixa, a doença deve ser tratada também.

Somente o médico especialista pode avaliar se os sintomas estão relacionados às varizes ou se há um outro problema.

Sempre que surgirem problemas, e não for possível identificar externamente as varizes, procure um médico e faça uma consulta. Somente o especialista poderá detectar se há um quadro de doença das veias. Eventualmente, o problema pode ser outro.

Assim sendo, é sempre importante se informar, principalmente para não cair em textos e conteúdos espalhados pela internet que citem as varizes internas, já que vimos que isso é equivocado do ponto de vista médico.

Sofrer com varizes é muito ruim e pode gerar grandes problemas na vida das pessoas. Por isso, vale a pena investir no diagnóstico e no tratamento corretos.

O tratamento por espuma, por exemplo, pode ser feito no consultório, sem anestesia, sem internação hospitalar. Pode substituir a cirurgia de varizes. Além disso, o retorno às atividades diárias é imediato.

Para quem sofre com varizes e quer uma solução, pensar em um tratamento por espuma pode ser uma boa opção na resolução da questão.



Website: http://www.spacovascular.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »